191124_tasca_natal_001-7-copy.jpg
191124_tasca_natal_001-9-copy.jpg
TASCADOJOEL_VINHOS_MARIANATEIXEIRA_090.jpg
MENÚ
MENÚ
MENÚ

TASCA DO JOEL E QUINTA DO MONTE D’OIRO LANÇAM VINHO QUE HOMENAGEIA O SURF E OS SURFISTAS EM PENICHE

A Tasca do Joel, restaurante de Peniche que desde sempre tem estado ligado à comunidade surfista e principais eventos relacionados com o surf na região, acaba de lançar um vinho que homenageia o surf e os surfistas que cada vez mais acorrem à região para surfar algumas das melhores ondas da Europa.

 

A verdade é que um bom dia de surf dá horas de histórias com os amigos, através de tweets, posts no Facebook ou em fotos para mais tarde recordar. Um bom dia de surf faz-nos esquecer a crise, ou salva, por exemplo, uma má semana de trabalho. Por tudo isto, um bom dia de surf merece um brinde. Poucos são os lugares no mundo, que garantem tantos bons dias de surf por ano, como Peniche.

 

Este vinho, produzido pela Quinta do Monte d’Oiro, é uma homenagem a todos os que surfam em Peniche e às magníficas ondas da região. E como são cada vez mais aqueles que vêm de longe para aí surfar, foram criados rótulos em português e também em inglês.

 

Branco ou tinto, é um excelente vinho para acompanhar a refeição depois de uma boa surfada, para levar como recordação dos dias de surf em Peniche ou para oferecer de presente a um amigo ou familiar surfista.

 

Pode ser encontrado à venda no Restaurante e na loja Gourmet da Tasca do Joel.

IMG_1523.jpg

 

Vinhas

 

Vinha de mistura de castas francesas e portuguesas plantada em 1997 na aldeia de A-dos-Ruivos pelo "Zé Mata" com a ajuda do seu "compagnon de route" António Carvalho (Casal Figueira). Após a enxertia do Casal Figueira foi plantado meio hectare de vinha com as sobras dos garfos que António tinha trazido do sul de França. Roussane, Marsanne, Petit Manseng, Semillon, Arinto, Fernão Pires são as castas mais abundantes na composição da parcela.

Localização isolada, ladeada por matos e pomar, solo argilo-calcário a 20km de distância da costa.

 

 

Viticultura

 

Vinhas conduzidas em cordão Royat bilateral, trabalhadas em biológico (sem certificação) com utilização de tractor.

 

 

Vinificação

 

Uma parte do lote pisado a pé e prensado após 24 h de maceração fermentado em "demi-muid" de 600lts e outra, composta de Arinto de Torres Vedras, feita em "bica aberta" em inox.

estágio de 20 meses em borras finas, engarrafado com a adição de sulfuroso.

Tasca do joel Naufragio

naufragio.jpg